Voz

Cansar é normal

Estou naquele momento em que o cansaço é quase maior que a esperança. Mas ainda assim a fé é a que me move a permanecer. Acho que todo mundo se sente assim às vezes, parece fundamental não desistir.

Parece fundamental ter objetivos claros, uma missão a cumprir, propósitos e valores. Em um mundo de cabeça pra baixo, somos convidados a enlouquecer. Diante das decepções, somos convidados a perder a confiança. Sinceramente: não acho que estamos preparados para passar por tudo, também tenho certeza que nem todo mundo que passa em nossa vida deixa marcas positivas, assim como nem todo mundo que foi deveria ter ido. Mas não podemos segurar tudo! Não cabe em nossas mãos e no nosso espaço de vida tão limitado.

Temos que fazer escolhas e por muitas vezes somos a escolha ou somos deixados por alguém. Eu sou daquelas que faz várias coisas ao mesmo tempo, mas ultimamente não estou conseguindo dar conta das dores e emoções. E isso atrapalha tudo. Quem me ama, me ama. Quem não gosta, não faz falta. Dessa vida levamos nada. Somos degraus ou subimos a escada.

Estou fazendo exercício de desapegar. De objetos, de situações, de mim. É um desafio gigantesco. Não conto que me compreendam, cada um tem uma fase e um pensamento… Não contem também que eu não os decepcione muitas vezes, principalmente nessa fase de redescoberta. Somos humanos em um relacionamento complexo entre nós e também com Deus.

Meu coração nesse momento está apertado. Me sinto cheia de sonhos e às vezes sem forças. Me sinto cercada de muitos e ainda assim precisando de colo. Me sinto transbordar esvaziar em uma velocidade maior. Minha intensidade / senso de justiça me abençoa e é um calcanhar de Aquiles.

Faço uma oração. Sincera. Curta. Entre aspas: Deus, eu te amo e sei que cuida de mim nos mínimos detalhes. Me protege, me guia, me fortalece. Que nossos sonhos não morram comigo, muito menos antes de viverem sua plenitude. Me acrescenta saúde, paz e equilíbrio. Quero estar bem e fazer o bem. Amém.